Categoria: Colheita

Colheita exige atenção dos agricultores

Colheita exige atenção dos agricultores

A colheita é um dos processos mais esperados pelo produtor rural é nesta fase em que será possível avaliar e mensurar se todos os passos na hora do plantio e da semeadura deram resultados. A
colheita é um procedimento agrícola em que o produtor deve planejar todas as etapas, de forma a integrar a colheita ao sistema de produção, esperando que o grão apresente um bom padrão de qualidade.

Neste sentido, as etapas que vão desde a implantação da cultura, até a colheita, o transporte e o armazenamento dos grãos, tudo isso precisa estar relacionado e exercendo seu máximo potencial produtivo.

Em diversos estados a colheita já está em ritmo acelerado, no entanto, ainda é uma fase na lavoura em que o agricultor precisa de atenção. Um dos exemplos mais simples de que é preciso tal atenção, se faz na relação de que durante o plantio e a semeadura, os agricultores investem em diversas tecnologias e produtos, com o objetivo da lavoura expressar seu máximo potencial. No entanto, na hora da colheita, muito em virtude das condições climáticas que interferem nesse processo, exigindo ao máximo do operador e do maquinário, tendo que colher a maior quantidade possível de s/h, faz com que os equipamentos, como a colheitadeira não ganhem devida atenção.

Uma das opções mais viáveis aos agricultores neste processo, é a duplagem de colheitadeiras, que possibilita inúmeros benefícios, como mais segurança para o operador que irá colher em áreas de aclive e declive, além do conforto para o operador, pois o maquinário fica mais estável; mais segurança para o proprietário, pois a máquina duplada tem mais chances de conseguir voltar para o galpão (após um dia colhendo), dessa forma, evitando deixar a máquina exposta no campo sujeita a danificações por inúmeras situações; além é claro, o aumento no poder de flutuação, que dá a sensação de estar com a máquina mais firme sobre a terra.

É importante ressaltar que além destes benefícios, ao duplar a colheitadeira, o agricultor estará evitando a compactação do solo, que nada mais é do que o aumento da densidade do solo e a redução da sua porosidade, que se dá quando ele é submetido a um grande esforço ou a uma pressão contínua. Isso acontece, por exemplo, em função do tráfego de tratores e máquinas agrícolas pesadas, do pisoteio do gado sobre o campo ou do manejo do solo em condições inadequadas de umidade.

Para amenizar esses tipos de situações, a Marini trabalha com três tipos de duplagem de colheitadeira: o rodado duplo tradicional, o rodado duplo com alongador de eixo e o rodado duplo com sistema de engate rápido, que proporciona maior segurança ao agricultor na sua colheita independente da marca e modelo do maquinário que ele possui na fazenda.